Nossa percepção de mundo e evangelho

SUSTENTABILIDADE: UM OLHAR SOBRE A PERSPECTIVA DA POBREZA

Que dia é hoje?

Fevereiro 2013
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

People Connecting Continents

O sol ainda não nasceu. É madrugada e Maria José já encontra-se de pé. A beira de seu velho fogão, desdobra-se em tarefas: aprontar o café da manhã, arrumar-se para o trabalho e por fim, a difícil missão de acordar seu filho pré-adolescente para a escola. Mil sonhos moram em seu coração, sonhos de um futuro de paz e prosperidade para sua família. Entretanto, Maria José tem encontrado muitas dificuldades para suprir necessidades básicas em seu lar. Entre elas, as de alimentação, saúde, segurança e educação.

Maria José é mãe solteira. Sem ter terminado o ensino fundamental, trabalha como diarista, prestando serviços de limpeza em diferentes residências. Não possui casa própria e paga aluguel de um precário imóvel, localizado em uma comunidade com altos índices de criminalidade. Nesta comunidade, uma grande quantidade de adolescentes, muitos jovens e alguns adultos – é difícil chegar a essa idade no crime – traficantes de drogas na região, andam livremente armados pelas ruas. O assédio destes traficantes a crianças moradoras desta comunidade é frequente.

O filho de Maria José estuda a metade do dia, encontrando-se sozinho durante o restante do dia e sem supervisão de um adulto. Seu principal entretenimento consiste em brincar de pipa e jogar bola na rua. Embora seja um campo muito ruim, ainda eleva o sonho de muitos jovens. As ruas onde brinca são desprovidas de saneamento básico, com irregulares, as vezes ausentes, coletas de lixo no município. Sua mãe sonha em conseguir uma vaga em regime de ensino integral, a fim de evitar o aliciamento de seu filho pelo tráfico. Porém, o número de vagas em escolas públicas com este serviço é diminuto -precário e vergonhoso -.

Maria não possui previdência social, pois trabalha de forma informal. Ela e seu filho dependem do Sistema Público de Saúde (SUS). Este, por sua vez, tem mostrado -se com graves problemas estruturais, sofrendo também ecasses de investimentos de governos nas esferas municipais, estaduais e federais. Maria possui grande dificuldade em manter um tratamento regular de saúde para sua família. Neste mês, seu filho adoeceu e ela não pode trabalhar, portanto, não recebeu. A preocupação bate a sua porta. Em pensamentos questiona-se como pagar por remédios, comida e moradia.

Quando questionada sobre quais ações tem realizado em prol sustentabilidade ecológica, Maria respondeu que não tem interesse pelo assunto. Não é que Maria José e seu filho sejam pessoas más. O quadro econômico-sócio- cultural no qual encontram-se inseridos os impede enxergar além de sua intensa luta pela sobrevivência.

Sustentabilidade ambiental está intimamente ligada não somente a sobrevivência da biodiversidade e do planeta, mas sim ao futuro latente da humanidade, tornando-se quase presente.

O que falta então para um total comprometimento de toda mulher e homem, independente da idade, em salvar nosso planeta? A resposta resumi-se ao amor. O amor nos impulsiona para o bem. Enquanto houver injustiça, miséria e fome esta mensagem não será ouvida. Enquanto países ricos, após séculos de exploração a  países pobres como da América Latina e África, começarem a mover-se em favor da erradicação da miséria no mundo, as florestas continuarão a serem derrubadas, os animais silvestres sendo mortos, os recursos hídricos sendo poluídos, e o lixo sendo descartado de forma incorreta.

Esta situação não anula a iniciativa de cada indivíduo capacitado e instruído, em mudar seus hábitos consumistas e despreocupados com o planeta. Todavia, acredito que o total comprometimento de nossa população somente será realidade, quando esta desfrutar das mínimas condições de sobrevivência.

Cultivo a esperança de mudança a cada palavra que digo e escrevo. É possível. Depende somente de nós (toda humanidade) em cooperarmos juntos, em uma grande rede de solidariedade e amor, independente de cor, nacionalidade e credo.

Anúncios

Tagged as: , , , , , ,

1 Response »

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Postagens Radicias

Indico Mesmo





%d bloggers like this: