Nossa percepção de mundo e evangelho

Quem semeia vento, colhe tempestade

Que dia é hoje?

Abril 2012
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

“Porque semearam vento, e segarão tormenta” (Oséias 8.7a)

A intenção aqui não é fazer uma análise do texto bíblico, com todas as ferramentas da crítica textual existente ao nosso dispor. A idéia e simplesmente entender como em determinados momentos reclamamos daquilo que nós mesmos estabelecemos.

O texto, muitas vezes confundido com um ditado popular, fala da relação entre o que se semeia e o que se colhe. Nem mesmo a falta de conhecimento sobre agricultura nos fará fugir de um entendimento tão simples: a colheita é e sempre será resultado do que se planta. Israel constrói este momento histórico de forma a sentir na própria carne as conseqüências de seus atos.

Por rejeitar o bem, foram perseguidos. Fizeram reis e principies, mas sem a ciência de seu Deus. Construíram ídolos, para serem destruídos. Plantaram o que desejou plantar e colheram somente o que a semente podia lhes oferecer.

Nossas vidas são estabelecidas de forma igual, todavia, nos inquietamos quando algo não sai da forma que queremos.

Quando chegamos atrasados, culpamos somente o transito. Nós já estamos fartos de saber como é o transito nos grandes centros urbanos, mas não nos preocupamos de sair mais cedo.

Se tivermos uma vida financeiramente desequilibrada, culpamos os juros de nossas prestações, mas não nos preocupamos de pensar antes de fazer dívidas. Vivemos uma vida onde ter algo é mais importante que ser alguém.

Se tivermos uma nota em uma matéria que não atinge nossas expectativas, creditamos ao estilo complicado da prova, mas não nos preocupamos de estudar um pouco a cada dia e deixamos tudo para as horas próximas à prova.

Construímos ídolos, não os representativos de uma imagem, mas os ideológicos, construções mentais e reclamamos porque nossa intimidade com o Eterno está abalada.

Tudo isso nós fazemos, dia após dia e não prestamos a atenção de que somente estamos plantando para depois colher. O resultado da colheita dependerá somente do tipo de semente que usarmos.

Temos que aprender que cada decisão traz com ela uma conseqüência.

As tempestades só deixarão de vir, se não semearmos os ventos que as produzam.

Escrito por Ronildo Brites,

Contatos: ronildo@brites.pro.br

Mais textos desse autor em:

www.pensandosobre.com.br

Anúncios

Tagged as: , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Postagens Radicias

Indico Mesmo





%d bloggers like this: