Nossa percepção de mundo e evangelho

Qual Jesus você segue?

Que dia é hoje?

Abril 2011
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Calma lá com o título! Não tire suas conclusões antes de ler o texto. Mais prepare seu espírito para ser sacudido assim como o meu está sendo desde que me deparei com está realidade. Já faz alguns dias que estou com essa pergunta dentro de mim: A que Jesus estou seguindo? Isso mesmo, qual Jesus? Porque minha atitude enquanto servo define como eu vejo Jesus.

Antes de continuar, vale destacar, que não estou aqui querendo falar que existem dois Jesus. Muito menos falar que Ele está morto. Sirvo, creio, vivo e levo a mensagem de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, que se esvaziou de Sua glória, por amor a nós, e que se entregou em morte de cruz para redenção de nossos pecados e ao terceiro dia ressurgiu dentre os mortos e hoje vivo está assentado ao lado do Pai. Aleluia! É esse Jesus a quem sirvo.

Porém o que quero falar é que a maneira como entendemos, falamos e vivemos o evangelho reflete para os outros como enxergamos Jesus. Através de nossos atos, passamos a mensagem de que acreditamos em Jesus que continua morto ou no Jesus que ressurgiu. Isso mesmo, a forma como vivemos pode está diminuindo a mensagem do Evangelho. Corremos sério risco de estar pregando (não nos púlpitos e praças, ali falamos que Jesus ressurgiu) através de nossa
vida diária, no relacionamento com as pessoas, na nossa forma de agir com e para os outros de um Jesus que somente morreu por nós e ponto final. Nossas vidas não estão refletindo a verdadeira mensagem do evangelho que é Sua morte e Sua ressurreição.

De onde tiramos isso? Dos Evangelhos. Todos os Evangelhos narram poderosamente a ocasião da morte e ressurreição do Mestre. Certamente já lemos essa passagem diversas vezes, já tiramos várias lições. Maravilhamo-nos e choramos com o grandioso amor de Deus para com a humanidade expresso através de Jesus na Cruz. E isso é realmente motivo de darmos glórias ao Pai.Porém tem algo muito interessante nos Evangelhos que por muitas vezes me passou despercebido, e é nessa perspectiva que quero falar.

Os discípulos seguiam Jesus diariamente. Jesus por diversas vezes havia mostrado a eles que iria morrer e ressurgiria de dentre os mortos ao terceiro dia. Porém, após a morte de Jesus, vimos os discípulos e aqueles que também seguiam o Mestre com medo, apavorados e sem saber o que fazer. Pedro, que era íntimo de Jesus (este mesmo foi até o encontro do Mestre sobre as águas), agora estava com medo e espantado. Cehgou a negar o Mestre e a afirmar que nunca havia andado com Ele. Todos haviam retornado para suas antigas atividades sem esperança e sem significado. Estavam trancados no cenáculo, abatidos e temerosos. Afinal, o Mestre havia morrido… É desta forma que muitos de nós estamos agindo. Nossas ações estão refletindo medo, desesperança e falta de significado quando ficamos trancados, escondidos e não estamos motivados a testemunhar de Jesus em nossa vida diária. Quando vivemos desta forma, estamos fazendo semelhante aos discípulos, não estamos certos da ressurreição do Mestre e nos acovardamos em nossas casas, nossas profissões em nossas igrejas e viramos “agentes-secretos” do evangelho. Quando fazemos isto, estamos seguindo a um Jesus morto.

Porém, vemos um segundo momento mais tarde neste relato. Em Atos, vemos Pedro, na escadaria do cenáculo pregando entusiasticamente onde mais de três mil pessoas são impactadas com mensagem de Cristo e são batizadas. O que havia acontecido? Pedro e os demais discípulos haviam encontrado com o Cristo ressurreto. Pedro havia respondido ao Mestre que o amava. O próprio Jesus celebrou a ceia com seus discípulos, falou a outros quinhentos, caminhou em Emaús. Cristo ressurreto estava entre eles. E isso os encheu de alegria e certeza, motivando-os a viver um evangelho vivo, anunciando o Reio de Deus entusiasticamente e de maneira ousada, arriscando inclusive suas vidas por amor a Cristo. Após o encontro com Cristo ressurreto, eles se decidiram pela ação, pelo testemunho. Decidiram viver em Cristo que morreu pelos nossos pecados, porém ressurgiu e vivo está. Esse encontro com Cristo ressurreto transformou as suas vidas de maneira sobrenatural.

Este cenário que me fez temer por minhas ações e modo de vida, fazendo com que um frio corresse minha espinha e parasse para perguntar a Cristo:

Senhor, estou vivendo como se Tu ainda estivesse morto ou vivo? Estou testemunhando o Cristo ressurreto e um Evangelho vivo?

Pois o verdadeiro encontro com Jesus nos enche de ousadia, nos tornando verdadeiros cristãos, motivados a sofrer por Cristo e pregar o seu Reino. Quando encontramos o Cristo ressurreto, nós não nos conformamos com as indiferenças, injustiças, com a falta de amor e sensibilidade para com o outro. Ficamos incomodados com a dor do próximo e choramos com a dor do outro. O encontro com o Jesus ressurreto nos impele para ação. Transforma-nos a ponto de arriscar nossas vidas pelo Senhor Jesus Cristo, e a virar o mundo de cabeça para baixo. Não porque somos revoltados, mais porque estamos em missão, anunciando a chegada do Reino e proclamando a justiça do Pai.

Quando vivemos uma vida de ousadia em Cristo, praticando do Seu amor e justiça, falamos para o mundo de Sua morte e ressurreição, testificando o verdadeiro evangelho. Mostramos aos outros que Jesus está vivo e assim pregamos o Deus verdadeiro que merece toda honra e glória. Por isso reflita e responda a pergunta proposta no título: qual Jesus você segue?

Anúncios

Tagged as: , , ,

12 Respostas »

  1. Refletir sobre qual Jesus que temos seguido é um grande passo para seguir o Jesus certo. A auto-crítica nos permite enxergar e perceber se nosso discurso condiz com o que estamos vivendo.O grande problema da atualidade reside na ausência da reflexão sobre como se tem vivido. O que não é difícil de acontecer, levando em conta as agendas lotadas de nossas igrejas que nos impulsionam a um ativismo religioso e devido também a vida corrida que levamos.
    Falar de Jesus; se autodenominar cristão; não o torna seguidor de Cristo. Viver a vida que Jesus nos propôs e seguir seus ensinamentos,tendo a percepção de que os mesmos devem ser empregados em nosso (carater, vivência no trabalho, família, igreja, etc) e trato com o próximo é sim um grande desafio! Sou questionada quase que diariamente, por crianças, adolescentes, jovens e adultos a respeito do carater cristão, questionamentos como: mais fulano não é evangélico? Mais Ele não é o lider ou pastor? Mais como pode alguem que é crente fazer uma coisa desse tipo?
    Bem, como Jesus disse são pelos frutos que se conhece qual Jesus temos seguido (o do nosso discurso ou o que nossa vida tem refletido através do bom perfume exalado de nossas ações).

  2. Que legal meu amigo!!!!!!
    Muito reflexivo seu artigo. Resta saber se praticamos mesmo. Temos vivido dias difíceis e desafiadores. Em que precisamos avaliar nossos atos e objetivos.
    Nesta semana, pregamos sobre a verdadeira origem da páscoa e o que ela significa aos que crêem no Cristo ressurreto. Ai, nos sentimos perto dEle. Quando não esquecemos de quem Ele é e do quanto podemos sermais parecidos com Ele.
    Que Deus o abençõe e o inspire cada vez mais…..

    • Amém…
      Recebemos e agradecemos por suas orações e pedidos de bençãos sobre nossas vidas.
      Quero novamente reiterar nosso (minha e da Nane)chamado para ser auxiliadores dos ministérios da PIBAP, ou seja, TAMU JUNTOS.

      E a idéia desta reflexão é essa mesma. Analisar se nossa vida está refletindo ao Cristo que adoramos e vive para todo sempre.

  3. Oi Deivis, sou a Julia do Sinal do Reino, obrigada por linkar nosso blog aqui, já coloquei o seu link lá também! Quando voce tiver um banner nos avise para eu colocar tambem.
    Deus abençoe vc e a Elaine.
    Abraços

    • Boa Tarde Júlia.
      Sou Deivis aqui do blog deivismacedo.com “Nossa Percepção”
      Que nossa parceria dure por muito tempo e que a mesma possa gerar frutos duradouros para p Reino de Deus.
      Oro para que Deus nos continue dando criatividade e sabedoria para continuarmos levando Sua mensagem de forma relevante para nossa geração pós moderna.
      Assim que conseguir montar um banner eu te aviso.
      Abraços pra vc e todos do Sinal do Reino

  4. Gostei muito deste artigo ..
    agora temos que começar a refletir e praticar . um grande abraço pode contar comigo.. divulgarei seu blog “tamo junto” !

    • Demoro irmão.
      Que bom q você gostou e entendeu a proposta do texto, que é a prática.
      Temos que viver e testemunhar o evangelho de forma verdadeira, só assim apresentaremos Jesus com Ele é.

      Estou contando com vc pro cargo de consultor de assuntos e artigos especiais.
      Pode mandar mesmo, muita proposta de texto.

  5. A paz, Deivis!

    Adorei O artigo, por muita das vezes vivemos em um mundo cíclico, ou seja, se já adiquirimos algo, é nesse algo, que iremos tomar como base e foco e assim nunca sairemos desse ponto.
    O que estou querendo dizer, é se já aceitamos a Jesus, isso torna-se o suficiente para vivermos como auto-suficintes cristãos! E não temos(falo isso também em relação a mim)a mínima vontade de sair desse lugar de comodismo. Para refletir sobre como estou transmitindo o que recebemos diariamente de Deus, todas as nossas experiências ficam guardadas num lugar secreto e se fossem transmitidas poderiam fazer a diferença na vida de muitos. Todos sabem que sou cristão, não existe a necessidade de falar! Mas o q será que as pessoas estão vendo a partir de nossa vida? A credito que devemos partir desses questionamentos para que a mudança aconteça, ou ao menos que tiremos o mundo do comodismo de dentro de nós (pois é lá que o meu fica)e partirmos para uma vida de entrega TOTAL e não de crente assalariado que só vai para a igreja com o simples OBJETIVO de BATER PONTO!
    Somos capazes de transformar uma geração, mas será que estamos dispostos a fazer? Será que estou transmitindo o Jesus que vivo e conheço?
    É MUITO DIFICIL SAIR DO CONFORTO, MAS NÃO IMPOSSÍVEL!!

    Adorei o blog, espero que não tenha pirado no que escrevi (rs), que Papai do céu continue abençoando rica e poderosamente a vida de vocês (Elaine e Deivis, muitos beijos!!!
    Fiquem na paz!!!

  6. Muito bom!

    O que percebo é que mesmo sendo um só Jesus, vários são pregados. E deveriam estar pregados mesmos em algum lugar de onde eles (os falsos) não pudessem sair.

    Percebo também que há seguidores estatísticos de Jesus, daqueles que se dizem cristãos todas as vezes em que um funcionário de algum instituto de estatística pergunta a religião.

    Há ainda os seguidores de um Jesus Silvio Santos, que está o tempo todo perguntando “quem quer dinheirooooo”.

    Há tambem os seguidores de um Jesus desesperado que grita o tempo todo “se você não me ajudar essa obra vai parar”.

    E por se multiplicarem tantos esses Jesus, cada um segue aquele que melhor lhe satisfaz. Talvez isso tudo aconteça, porque as pessoas aceitam parte de Jesus, o Salvador e não aceita a outra parte, o Senhor.

    Quando aceitamos o Salvador e o Senhor a história muda completamente. Aceitar Jesus como Salvador todos querem. Afinal de contas, quem não gosta da idéia de ter alguem morrendo no seu lugar? Aceitar Jesus como Senhor implica em ter alguem que morreu por nossa causa, mas faz de nós pessoas dispostas a morrer pela causa Dele.

    • Ronildo.
      Grande irmão.
      Graça e Paz.
      Seu comentário é perfeito. Traz-nos o que realmente temos visto em nossos dias. Cada qual pregando e seguindo o Jesus que melhor lhe serve,
      quando na verdade nós é que devemos servi-lo, sendo dEle escravos por sua crucificação.

      Minha oração, é que nessa nova geração de servos (pastores e líderes) seja tomado por essa Santa Indignação e se levante cheio do poder
      do Santo Espírito de Deus denunciando os anti-Cristos que já hoje dominam nossos dias.

      Abraços.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Postagens Radicias

Indico Mesmo





%d bloggers like this: